Novelas

Segundo Sol: Remy tenta matar Karola atirando-a do seu prédio

Cena lembra o que aconteceu com Tatiane Spitzner, que caiu do prédio onde morava depois de uma briga com o marido, Luís Felipe Manvailer

Agência O Globo

O capítulo 100 de “Segundo sol” será marcado por uma cena que promete chocar o telespectador: Remy (Vladimir Brichta) vai tentar jogar Karola (Deborah Secco) da cobertura do seu prédio. Ele pega a ex-amante pelo pescoço e a pendura na janela pelos braços. “Você vai me atirar pela janela?”, pergunta ela, horrorizada. Remy diz que, para todos os efeitos, ela terá pulado. “Vai ser um triste suicídio de uma mulher desesperada”, responde Remy, que toma essa atitude para se vingar dela. É que para se livrar de Remy, Karola contrata dois bandidos para matarem ele.

Foto: Reprodução/TV Globo 

Karola se desespera e Remy avisa que a única chance de ele não matá-la é ela pagar metade dos R$ 15 milhões que ela tem. A loura aceita e ele a puxa de volta, fazendo-a cair no chão, sem ar, trêmula. Ele pega umas cordas que arranca da cortina por ali e começa a amarrá-la. "Sete milhões e meio em dólares... amanhã... na pizzaria na entrada da praia da barra... às 8 da noite", fala ele. "Como é que vou conseguir isso assim... amarrada?!", pergunta Karola.

Ele tira do bolso o canivete dos bandidos que tentaram lhe matar e entrega na boca dela. "Abre a boca, segura... se vira pra cortar a corda, tem a noite toda pra se divertir aí com esse canivete... Rói feito uma ratazana que você é! Ou reza pra alguém aparecer!", diz ele.

Inspiração real?

A cena lembra o que aconteceu com Tatiane Spitzner, que caiu do prédio onde morava depois de uma briga com o marido, Luís Felipe Manvailer. O crime aconteceu no dia 22 de julho e João Emanuel Carneiro entregou o capítulo à Globo nove dias depois.