Novelas

Sequestrada, Pilar será assediada por Solano em 'Nos Tempos do Imperador': 'Minha escrava'

Em campo inimigo, mocinha conseguirá fazer descoberta importante

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Nos próximos capítulos de “Nos Tempos do Imperador”, Pilar (Gabriela Medvedovski) cumprirá com o desejo de ir para a guerra como voluntária, mas a médica será sequestrada por Solano López (Roberto Birindelli) que assediará a mocinha.

Apesar de querer ajudar os feridos como parte de sua retribuição ao Brasil, a profissional de saúde também pretende se aproximar de Samuel (Michel Gomes) que estará na guerra. Em cenas previstas para irem ao ar no dia 18 de janeiro, ela se perderá durante uma batalha e acabará entrando em campo inimigo.

"Gosto de gente assim: com muita coragem e pouco juízo. Seus amigos tiveram mais sorte, escaparam. Qual seu nome?”, falará o paraguaio ao avistar a brasileira em seu território. “Me chamo Pilar”, responderá ela sem medo.


A esposa do ditador perguntará o que ele fará com a nova sequestrada. "Não sei. Matar? Prender? Fazê-la de escrava. Brasileiros gostam tanto de ter escravos. Acabo de ganhar a minha primeira escrava”, debochará ele.

A médica não terá outra opção a não ser obedecer ao inimigo de D. Pedro II, que a mandará cuidar de seus soldados feridos. No meio de sua rotina após o sequestro, a mocinha acabará descobrindo a existência de “amigo brasileiro” e tentará descobrir a valiosa informação, mas não terá sucesso.

Certo dia, o crápula pedirá ajuda a Pilar. “Preciso dos serviços da doutora. Tenho sentido uma dor aqui no peito, na altura do coração”, mentirá. "Faz tempo que vem sentido essa dor?”, perguntará ela.

Ao tentar examinar o ditador ela será agarrada por ele. “O que o senhor está fazendo?”, gritará ela. “Você sabe muito bem o que eu quero”, falará ele. Mas, sua esposa Elisa, estará de olho nas intenções do marido, dará um flagra no assédio e ameaçará ele.