Novelas

'Torço para que o beijo aconteça', diz Juliano Laham sobre personagem gay

Luccino e Otávio vivem um romance em 'Orgulho e Paixão'

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A trama 'Orgulho e Paixão' está perto de chegar ao fim e, se depender de Juliano Laham, seu personagem Luccino vai ter um final feliz na trama. O ator confessou que torce para que o jovem dê o primeiro beijo no companheiro, Otávio, papel de Pedro Henrique Müller.


"Tenho sentido bastante a torcida do público pelo beijo entre o casal. Nas minhas mensagens privadas nas redes, muitas pessoas falam sobre o beijo e a expulsão de casa, é algo bem forte que está sendo tratado com responsabilidade pela novela. A forma que o autor está abordando é muito bonita e interessante. A melhor coisa que pode acontecer com o Luccino é poder viver esse amor da melhor forma possível. Eu torço para que o beijo aconteça. Como telespectador acredito que vai rolar sim. Nem posso chamar isso de spoiler, pois na verdade não sei de fato se vai rolar. Se depender da minha torcida, sim", garantiu, em entrevista a Hugo Gloss.

Questionado sobre a expectativa para protagonizar uma cena como essa, Juliano confessou: "para o ator, a questão do beijo nem é o mais importante. É uma consequência da história que está sendo contada. O mais importante é essa construção, mostrar essa descoberta, o caminho percorrido pelo personagem. Se o beijo vier, será feito da melhor forma possível".