Novelas

Vladimir Brichta fala sobre destino de Remy em 'Segundo Sol'

Segundo ele, o assassinato do personagem não foi uma surpresa

Patrícia Kogut, da Agência O Globo
- Atualizada em

Mesmo com o assassinato de Remy em "Segundo Sol", previsto para ir ao ar no dia 8 de setembro, Vladimir Brichta continuará à disposição da novela para gravar cenas (de flashback ou não) do personagem. O anúncio da morte do vilão agitou o público e surgiram apelos para que o autor João Emanuel Carneiro mudasse de ideia. A princípio, o destino trágico será mantido, mas alguns apostam na teoria de que a morte não será para valer, fato que o ator diz desconhecer:

- Nem gravei a cena da morte e já estão querendo ressuscitá-lo. Acho que morrerá sim, mas estou preparado para tudo. Sei que vou me divertir de qualquer jeito. Essa vai ser a minha primeira morte numa novela, então estou muito entusiasmado - afirma Brichta.

Segundo ele, o assassinato do personagem não foi uma surpresa. Era algo planejado desde o início da trama: -  Como eu já sabia que ele morreria, me preocupei bastante em conduzir o Remy de uma forma que ele ficasse o mais desagradável e incômodo possível para os outros personagens. No decorrer da novela, muitas pessoas me falavam que torciam para que ele se redimisse. Mas, nos capítulos recentes, creio que ele assumiu a sua perversidade de vez, então, o público não quer ele se redima, mas, continuar acompanhando as suas maldades - diz o ator.

Foto: TV Globo/João Cotta

Ele acredita que Remy voltará a aparecer na trama após o assassinato, pelo menos em sequências de flashback: - Eu adoraria que fossem mostradas cenas com histórias do passado de Remy que nunca foram sequer imaginadas na trama. Por exemplo, ele poderia ter uma relação próxima com o Roberval (Fabricio Boliveira), sendo que, até o momento, eles nunca apareceram juntos.

Além do sucesso do vilão, Brichta considera "Segundo Sol" um trabalho especial porque voltou a atuar com a mulher, Adriana Esteves. A última novela em que eles estiveram juntos foi há 15 anos, em "Kubanacan".  - A gente se conheceu fazendo novela, em "Coração de estudante" (2002). Então, nos reencontrarmos profissionalmente nesse lugar depois de tanto tempo fez lembrar muito do início do nosso relacionamento. Eu sabia que seria sensacional retomar essa parceria, mas, está sendo ainda melhor do que poderia imaginar - revela.

Feliz com seu personagem  em “Segundo Sol”, Brichta não sente o mesmo em relação ao Narciso, de “Belíssima”, no ar no Vale a Pena Ver de Novo.  - Quando fiquei sabendo da reprise, tive uma sensação estranha. Não gostei do meu trabalho naquela novela. Não soube contar a história. Agora, vendo novamente, sinto que serve pelo menos para analisar onde errei - diz.

Em casa, além dele e de Adriana, a filha mais velha do ator, Agnes, de 21 anos, também aposta numa carreira artística. Ela faz atualmente o curso profissionalizante de teatro na Casa de Artes das Laranjeiras, paralelamente com a faculdade de psicologia na PUC: - Ela sempre se interessou por teatro, e eu dou muito apoio. Mas, sempre frisei que os estudos deveriam vir em primeiro lugar. Não queria que ela deixasse de estudar por qualquer profissão. Eu e a Adriana vamos acompanhar as peças dela e damos dicas. Acho que ela está seguindo por um caminho bom - comenta.