Isabel e Pierre vão romper, mesmo após a permissão de Pedro


O casamento de Dolores (Daphne Bozaski) com Tonico (Alexandre Nero) está próximo e Pilar (Gabriela Medvedovski) ficará desesperada ao descobrir que a irmã mais nova foi prometida ao ex-noivo. Cara de pau, o deputado vai convidar a médica para ser madrinha da união dos dois. Revoltada, Pilar tentará impedir o casamento deles. 
 
Na Corte, após Pedro (Selton Mello) decidir permitir o casamento entre Isabel (Giulia Gayoso) e Pierre (Gabriel Fuentes), uma notícia inesperada deixará os jovens desnorteados. Após receber uma carta, Pierre terá que deixar o Brasil. Mas os planos de casamento para as princesas seguem firmes e, dessa vez, o Imperador pedirá que Teresa (Leticia Sabatella) e Luisa (Mariana Ximenes) trabalhem juntas na escolha dos pretendentes. 
 
Já no Cassino Perequetê, a chegada de Vitória (Maria Clara Gueiros) deixou Quinzinho (Augusto Madeira) sem voz e aterrorizado, pois, em algum momento, a meia-irmã irá descobrir que não possui mais nenhum imóvel na capital. Arqueóloga, Vitória chegou ao Brasil para trazer uma peça histórica para a Imperatriz Teresa Cristina, mas depois que descobrir que não possui mais o rendimento dos aluguéis de suas casas que eram administradas por Quinzinho – e sequer possui mais os empreendimentos – ela não terá mais condições de voltar para a Europa. Com isso, passará a trabalhar no museu particular dos imperadores.

Vivendo no hotel, terá que conviver ainda com Prisca (Maria Carolina Basílio) e Hilário (Theo de Almeida), mas não leva o menor jeito com as crianças. Um golpe do destino, no entanto, a aproximará muito dos pequenos.