Onde Está Meu Trio

Carnaval de Salvador é recorde de público e de serviços da Prefeitura

Tecnologia para garantir sucesso da maior festa de rua do planeta envolve 10 mil colaboradores do município

Publieditorial
- Atualizada em

O Carnaval de Salvador deste ano já é um sucesso absoluto de público e renda. Os hotéis comemoram a média de de 96,3%, a maior da história da folia. Os ambulantes festejam o aumento de 17% nas vendas, sobretudo no Circuito Dodô. A marca patrocinadora, a Ambev, celebra o incremento de quase 60% na comercialização de cerveja em relação ao ano passado. Toda a cadeia produtiva da cidade comemora a movimentação de R$1,8 bilhão na economia, geração de 250 mil empregos temporários. E a Prefeitura também festeja o resultado da operação.

Foto: Valter Pontes/Secom

"Temos cerca de 12% a mais de pessoas nas ruas do que ano passado. Isso fica comprovado com os dados do transporte público, por exemplo. No sábado passado, o Circuito Dodô teve o maior número de foliões de sua história. Esses números demonstram o sucesso dessa festa, o que representa avanço econômico para Salvador. Para que tudo isso dê certo, o esforço que a Prefeitura faz é gigantesco", disse o prefeito ACM Neto, que todos os dias esteve nas ruas para trabalhar e curtir a folia.

A Prefeitura montou uma operação especial de serviços para que tudo ocorresse bem, envolvendo 10 mil colaboradores. Além de ter, com a ajuda de recursos privados captados, bancado mais de 300 atrações gratuitas nesse que foi o Carnaval mais democrático das últimas décadas. Para mostrar essa operação, a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) elaborou vídeos sobre alguns desses serviços.

Outro ponto forte foram as novidades. O Carnaval Náutico, por exemplo, que aconteceu pelo segundo ano, voltou a brilhar na Baía de Todos-os-Santos. A descentralização do Carnaval para os bairros e os espaços temáticos foram outros pontos fortes. O projeto Pôr do Sol, por exemplo, na Praça Castro Alves, reuniu milhares de pessoas.

"Esses projetos são fundamentais para que as pessoas curtam não apenas nos circuitos oficiais. O Carnaval acontece por toda Salvador. Só nós sabemos fazer isso", disse o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco. Somente para a folia de Momo, a cidade recebeu cerca de 800 mil turistas. "Do dono de hotel ao ambulante, todos festejam os resultados econômicos da festa", frisou.

Assista aos vídeos: