Carnaval

Com homenagem a Moa do Katendê, Baiana System recebe BNegão e convidados na Barra

Conhecida pelo posicionamento político progressista, a banda começou a apresentação evocando a memória do mestre capoeirista

Alô Alô Bahia

Era pouco mais de 22h deste domingo, 23 de fevereiro, quando o furacão BaianaSystem, febre entre o público jovem da capital baiana, soou a buzina do Navio Pirata para comandar a multidão a partir do Farol Barra, em Salvador. Premiada pelo melhor álbum, 'O futuro não demora', na 20ª edição do Grammy Latino, a banda levou para o trio os convidados os rappers carioca BNegão e o baiano Vandal e Iracema Killiane, vocalista do Ilê Aiyê.

Foto: Divulgação

Conhecida pelo posicionamento político progressista, a banda começou a apresentação evocando a memória do mestre capoeirista Romualdo Rosário da Costa, conhecido como Moa do Katendê, que foi assassinado aos 63 anos, horas depois do 1º turno das eleições para presidente da República, após uma discussão política. "Moa, Moa, Moa, mestre vive", evocou a voz grave de Russo Passapusso.

"Em primeiro lugar, respeito às mulheres e as crianças. Isso não quer dizer que elas não sejam guerreiras e não saibam se defender. Já ouviram falar de Maria Felipa (mulher negra, marisqueira e pescadora, que lutou pela Independência da Bahia)? Então", disparou do alto do trio. ( com informações da Folha).