Onde Está Meu Trio

Hospital Municipal atenderá crianças que forem vítimas de violência sexual no carnaval

Haverá atendimento especializado para meninas menores de 12 anos e menos de 0 a 16 anos

Redação iBahia

O Hospital Municipal de Salvador (HSM) fará atendimento especializado para meninas menores de 12 anos e meninos de 0 a 16 anos vítimas de violência sexual durante o carnaval. A iniciativa é resultado de uma parceria entre as secretarias de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) e de Saúde (SMS).

As vítimas de violência sexual serão atendidas, inicialmente, por um assistente social e/ou psicólogo nos módulos de saúde. O serviço social acionará o Conselho Tutelar e comunicará o caso à Delegacia Especializada de Repressão a Crime contra Criança e Adolescente (Derca). Será realizado ainda atendimento clínico e acompanhamento do uso da contracepção de emergência, se necessário.

Posteriormente, a transferência será feita por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Projeto Viver (dentro do IML) ou para a UPA dos Barris, para execução do protocolo de Profilaxia de Exposição Sexual (PEP), procedimento necessário para vítimas de abuso sexual.

Depois desses trâmites, a criança será encaminhada ao Hospital Municipal para exame ginecológico e atendimento da equipe multidisciplinar.


Caso a criança esteja desacompanhada, será encaminhada para abrigamento nos Espaços Temporários de Convivência da SPMJ, que funcionarão durante 24 horas no período de Carnaval, nos bairros de Amaralina, Jardim Apipema, Nazaré e Barris.