Carnaval

Mais de 400 carros são apreendidos em quatro dias de Carnaval

Veículos estavam estacionados em locais irregulares e atrapalhando fluidez do trânsito, diz Transalvador

Clarissa Pacheco (clarissa.pacheco@redebahia.com.br)

Mais de 400 carros foram apreendidos para o pátio da Transalvador no Carnaval, até este sábado (6). De acordo com o superintendente da Transalvador,  Fabrizzio Muller, a maioria das remoções está sendo feita nos locais onde estacionamento irregular atrapalha a fluidez do tráfego. O local com maior número de apreensões é a Avenida Garibaldi.Ao todo, 478 carros já foram recolhidos para os pátios da Transalvador, localizados em Mussurunga, Barris e Vasco da Gama. O maior número de apreensões foi registrado neste sábado, quando 217 veículos foram apreendidos. Na quarta-feira (3), foram apreendidos 13 veículos, na quinta (4), 68, e na sexta (5), 180.Baixe o aplicativo Onde Está Meu Trio? e encontre-se na folia!

Carnaval 2016: confira a programação oficial do Circuito Osmar (Campo Grande)

Confira a programação completa dos blocos no Circuito Dodô (Barra)

Carnaval 2016: confira a programação oficial do Circuito Batatinha (Pelourinho)

Palco do Rock divulga programação completa: Confira

Saiba onde seu artista preferido vai estar durante os seis dias de Carnaval

Salvador terá 2.615 ônibus circulando no período do Carnaval

Metrô de Salvador terá funcionamento especial durante o Carnaval

Confira a programação do Carnaval nos Bairros de Salvador“Essas essas remoções têm acontecido em locais onde o estacionamento irregular está atrapalhando a fluidez do tráfego. Por exemplo, um desses locais é a Garibaldi, onde ontem tivemos uma redução na velocidade média da via comparado ao ano passado, então só na Garibaldi ontem foram 80 remoções”, explicou Muller.Ainda segundo o superintendente, qs equipes do Núcleo de Operação Assistida (NOA) estão trabalhando 24 horas e e fazem em tempo real o comparativo de velocidade da via. “Verificamos ontem, através do NOA, que o Vale do Canela estava mais lento. O trabalho do NOA realmente fez toda a diferença”, disse.Quem teve o carro apreendido precisa ir até o Detran, nos Barris, das 8h às 20h, levar documento original com foto e documento do veículo atualizado. O valor da taxa do guincho custa R$ 309,17 e o valor do pátio é de R$ 49,48. Segundo a Transalvador, 532 condutores já foram autuados.“A gente não faz as blitze com o Detran. O que a gente está fazendo é uma interação com o Detran para não fazermos nos mesmos locais. Um cobre um lado da cidade, o outro cobre o outro lado e no final quem ganha é o cidadão”, explicou o superintendente.Na Operação Lei Seca, 332 condutores foram abordados. Destes, 49 foram notificados por ingestão de álcool e 44 tiveram a carteira de habilitação apreendidas.

Correio24horas