Carnaval

Moradora do Curuzu é eleita a Deusa do Ébano de 2020

Gleiciele Teixeira Oliveira tem 22 anos e é modelo e dançarina

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A baiana Gleiciele Teixeira Oliveira, de 22 anos, deu início ao seu reinado no Ilê Aiyê. Eleita Deusa do Ébano na madrugada do domingo (9), em sua segunda participação no concurso, a modelo e dançarina, que havia conquistado o terceiro lugar no ano passado, dedicou-se durante 12 meses para conquistar o topo do concurso em 2020.

Foto: André Frutuôso / Odú Comunicação

“Em 2019 aprendi que uma Deusa precisa ter leveza e delicadeza. Estudei muito sobre a história do Ilê e me dediquei à dança. Assim que acabou o concurso me matriculei nas aulas de Dança Afro da Funceb (Fundação Cultural do Estado da Bahia) e me preparei o ano inteiro para esta noite”, conta Gleiciele.

Moradora do Curuzu, Gleiciele recebeu o incentivo da mãe para participar do concurso desde criança. “Ela cantava as músicas do Ilê para mim e dizia que eu seria a Deusa do Ébano um dia”, conta. A primeira vez que ela saiu com o Ilê no Carnaval foi determinante para ter certeza do que queria. “Foi como se eu me reconhecesse ali dentro e o desejo de ser Deusa cresceu em mim”, revela.

Foto: André Frutuôso / Odú Comunicação

Ao lado de Gleiciele, também foram eleitas as princesas. No segundo lugar, ficou a carioca Sabrina Sant'Ana dos Santos, de 31 anos, e no terceiro lugar a estudante de nutrição Núbia Ferreira, de 19 anos. Ambas participavam pela primeira vez do concurso e receberam o Troféu Perfil Azeviche.

Com direção geral de Elísio Lopes Jr, a noite  contou com participação de Daniela Mercury, Nara Couto e o show “Encontro de Poder”, com Graça Onasilê, Marcia Short e Patricia Gomes, ao lado da anfitriã Band’Aiyê. Mas também levantou a bandeira da denuncia, trazendo à tona casos recorrentes na mídia que envolvem a realidade da mulher negra, levando para o palco o que está acontecendo nas ruas, o que rendeu momentos de comoção de toda plateia.

Foto: André Frutuôso / Odú Comunicação

A 41ª Noite da Beleza Negra é uma realização do bloco Ilê Aiyê e Caderno 2 Marketing e Produções, com patrocínios da Avon e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, e da Bahiagás, com apoio da Saltur e Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer da Prefeitura Municipal de Salvador. A produção é assinada pela Benvindo Produções.