Carnaval

Moraes Moreira encanta a praça do povo e homenageia 70 anos do trio

Ex-integrante do grupo Novos Baianos, Moraes Moreira, 72 anos, foi o primeiro artista a cantar em um trio elétrico no Carnaval, ao lado de Dodô e Osmar

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O cantor e compositor Moraes Moreira animou o público do primeiro dia do Pôr do Sol, na Praça Castro Alves, neste sábado (22). Presente nas três edições do projeto, o artista trouxe no repertório sucessos de antigos carnavais, músicas novas, instrumentais, poesias e cordel.

Foto: Inácio Teixeira / Secom
Ex-integrante do grupo Novos Baianos, Moraes Moreira, 72 anos, foi o primeiro artista a cantar em um trio elétrico no Carnaval, ao lado de Dodô e Osmar. No ano em que o trio elétrico completa 70 anos, o artista falou do sentimento de tocar mais um ano na Praça Castro Alves, cenário que inspirou alguns dos seus antigos sucessos como “A praça, o povo e o poeta”, “Bloco do povo” e “Eu sou um Carnaval em cada esquina”.

 

“Eu nasci aqui na Praça Castro Alves tocando no trio elétrico com Dodô e Osmar. Estou onde eu nasci para o Carnaval e onde eu tenho que estar sempre. Faz parte da minha vida e da minha história”, afirmou o artista.

 

Moraes, que tocou em cima de um pranchão pelo segundo ano do projeto, elogiou o novo formato alternativo de trio. “Adoro o formato pranchão. É perto do povo, da galera. Não é igual o trio lá em cima. A galera está logo ali”, disse entusiasmado.