Petlovers

Cinco fatores para considerar ao escolher um hotel para o seu pet

Saiba como achar o lugar ideal para cuidar do seu animal de estimação durante as férias

Agência O Globo

Onde seu animal vai passar as férias? Nessa época do ano, muitas pessoas aproveitam para fazer uma viagem, mas quem tem um amigo de quatro patas sabe que nem sempre é possível levá-lo junto.

Foto: Divulgação

Mesmo com o crescimento do mercado pet friendly, muitos hotéis e pousadas ainda não recebem animais. Deixar o bichinho com alguém de confiança é uma alternativa. Mas quem não pode contar com a disponibilidade dos outros, a solução pode ser optar por um hotel para pets.

Todos funcionam quase da mesma forma: um espaço onde o animal fica durante um período, com direito a um lugar coberto para dormir, água sempre disponível e alimentação de acordo com o perfil. Há momentos de interação com outros pets, exercícios e carinho.

A reserva deve ser feita com antecipação, especialmente para o fim de ano, e é necessário que a vacinação esteja em dia. Para ajudar na escolha do hotel ideal, Bianca Fernandes Parracho, produtora de conteúdo do blog Petiko, lista cinco pontos a considerar na hora de escolher um hotelzinho para seu animal de estimação.

Pesquise sobre o local

Informe-se sobre quais os serviços incluídos como atividades para entretenimento do pet. Busque referências e leia as avaliações do lugar. Verifique as reclamações e como foram resolvidas. Confira também se o espaço tem permissão para funcionar. O hotel precisa contar profissionais especializados e um veterinário 24 horas.

Exija monitoramento

A saudade vai apertar e a preocupação também. Saiba se a equipe do hotel envia fotos e atualizações do seu amigo ou informações sobre como foi o dia dele. Confira também se há opção de monitoramento das imagens de câmeras via internet.

Conheça o lugar

Muitos hotéis oferecem uma diária como teste para iniciar a adaptação do seu pet ao novo ambiente. Esse processo é fundamental, principalmente na primeira vez que o bichinho vai ficar num lugar diferente e longe da família. Aproveite para conhecer as pessoas e conferir se as instalações são limpas e seguras.

Confira os serviços

Alguns hotéis oferecem diversas opções de cuidados e lazer para os animais de estimação. Jogo de bola, frisbee, natação e outras atividades para entreter e melhorar o condicionamento físico. Festa para os pets e hidroesteira também são opções. Leve em consideração as atividades que o seu bichinho mais gosta.

Custo-benefício

Pense sempre no bem-estar do animal e desconfie de hotéis com preço muito abaixo do mercado. Se encontrar um bom lugar em que o seu pet tenha se divertido no dia de teste para adaptação, não hesite em fechar negócio. Seu animal também merece boas férias. 

Para Bianca, ao levar em consideração a possibilidade de deixar o pet em um hotel especializado, é necessário pensar na personalidade dele:

— Dependendo do temperamento, um hotel pode não ser a melhor opção. Esse é o caso de animais mais bravos e com dificuldade de socialização, que demoram a se adaptar em locais diferentes ou têm Síndrome de Ansiedade de Separação (SAS) — explica.

Ela ainda comenta que os donos podem se sentir culpados ao deixarem os bichinhos hospedados, mas que demonstrar o sentimento prejudica a separação:

— Não levar o pet junto na viagem pode causar aos donos o sentimento de que o estão abandonando. Ao decidir deixar o animal num hotel, é importante lembrar que foi feito o melhor por ele, deixando-o feliz e confortável, o que poderia não acontecer na viagem. É importante que esse período seja também de férias para o bicho, que ele se divirta e viva novas experiências. Despedidas longas ao deixá-lo e demonstrações de tristeza ou de preocupação não são recomendadas. Afinal, os bichinhos são ótimos em entender sentimentos e precisam saber que tudo ficará bem — sugere.