Petlovers

Conheça o único primata venenoso do mundo

Lêmure está em extinção e chama-se Slow Loris, do gênero Nycticebus

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O único primata do mundo que possui veneno está em risco de extinção. Ao ler essa frase esperamos um animal agressivo e violento, porém, isso não descreve em nada o pequeno lêmure que carrega essa característica.

Chamado de Slow Loris, do gênero Nycticebus, o primata é da família Lorisidae, pertencente a infraordem. Este é o único gênero de primatas venenosos e, atualmente, algumas espécies correm o risco de entrar para a lista de animais em extinção, principalmente por conta do tráfico e venda ilegal.

O animalzinho, apesar de fofo, é realmente letal. Sua toxina, que sai na mordida, é obtida ao lamberem uma glândula no braço, e a secreção é ativada quando em contato com a saliva. O veneno também serve para proteger os filhotes que se agarram nas costas da mães.

(Fotos: Reprodução/Flickr)

Apesar de extremamente perigoso para os humanos, pode ficar tranquilo porque os brasileiros não correm risco. Este gênero não é encontrado no Brasil, tampouco no América do Sul. Sua região é o subcontinente indiano, Sudeste asiático, China e no Arquipélago Malaio.