Petlovers

Saiba como lidar com a obesidade em gatos

É melhor cuidar do seu gatinho para que ele não fique acima do peso em vez de ter que colocá-lo para fazer exercícios ou uma dieta

Redação Acorda Cidade (redacao@portalibahia.com.br )



A obesidade é um problema que afeta não só gatos, mas também cães e outros animais, geralmente, com idade mais avançada por conta do metabolismo lento. Pensando nisso, é melhor cuidar do seu gatinho para que ele não fique acima do peso em vez de ter que colocá-lo para fazer exercícios ou uma dieta. Para te ajudar, listamos alguns cuidados para evitar o sobrepeso do seu gato e garantir sua saúde. Confira!

Exercícios

As pessoas estão mais acostumadas a praticar exercícios com os cachorros, mas é muito importante incentivar seu gato também. A atividade física é boa não só por questões de peso, mas também melhora a frequência cardíaca, fortalece o sistema respiratório, tonifica os músculos, gasta energia e mantém o gato ágil e ativo.

Alimentação

Um dos pontos principais é saber escolher a alimentação adequada para o seu gato. Isso porque muitos donos acabam menosprezando as necessidades nutricionais de seus bichinhos, e isso influencia de forma significativa tanto na quantidade de nutrientes que recebem, quanto no peso que ganham. Cada fase da vida de um felino pede por diferentes tipos de alimentos: os mais jovens gastam mais energia e precisam de proteínas e minerais, já os gatos mais velhos gastam menos energia e, consequentemente, precisam de menos calorias. Controle o horário de alimentá-lo e evite deixar a tigela cheia de comida disponível o tempo todo. Outra dica importante é escolher a ração correta, que conta com opções específicas para filhotes e, também, para gatos castrados.

Hora da balança

Como é mais difícil notar o ganho de peso em animais de estimação, estabeleça uma rotina para pesá-lo de tempos em tempos. Assim, você conseguirá antecipar possíveis problemas de sobrepeso.

Cuidado com as guloseimas

Quem não gosta de um agrado, não é mesmo? Porém, tome cuidado para não dar petiscos muitas vezes ao dia. Fique atento também às sobras de comida; além do alimento humano não ser indicado para animais por conta do tempero, também é um dos principais vilões para o equilíbrio do peso.

Leve ao veterinário

É muito importante que você saiba quais são os reais fatores de ganho de peso do seu animal para conseguir tratar de forma eficaz. Leve-o ao veterinário para ter certeza que não tem nenhuma doença mais grave influenciando no sobrepeso do seu bichinho.