Petlovers

Vai viajar nas férias ou no final do ano? Saiba o que fazer com seus pets

Quando hotéis e pousadas não aceitam animais, o que devemos fazer com o bichinho?

Especial de Conteúdo


Oferecimento
Muitas pousadas e hotéis ao redor do mundo já são Pet Friendly, ou seja, aceitam e ainda são adaptados à estadia de animais. Mas quando não aceitam, o que devemos fazer com o nosso bichinho? Ou quando a viagem é curta e não compensa levar o animal?

Para viajar com o animal de avião, por exemplo, ainda é necessário providenciar alguns documentos como o atestado de saúde do animal, que deverá ser emitido por um Médico Veterinário, registrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV), e o Guia de Trânsito Animal (GTA). O documento deve ser obtido na sede da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento (Seappas) dos Estados ou municípios.
Foto: Divulgação
Além disso, por lei, os pets devem viajar com ferramentas de segurança, como a cadeirinha, o cinto de segurança, e a casinha de transporte próprio para animais. Sem essas proteções, o animal pode tentar interagir com o motorista, o que não é seguro, e o próprio animal pode sofrer algum acidente em freadas bruscas e em possíveis colisões.

Para quem não tem a opção de levar o animal para a viagem, o mais comum é pedir a algum vizinho, amigo ou familiar para que cuidem do bichinho durante as suas férias. No entanto, quem ficar responsável pelo animal precisa compreender que estará, também, assumindo as responsabilidades, que incluem dar comida e água, passear e, claro, dar carinho.  

Serviços de hospedagem
Se deixar com alguém de confiança não for uma opção para você, uma boa ideia é utilizar os serviços de hospedagem para cães e gatos.

Um serviço que vem crescendo muito no país é o Pet Sitter, ou seja, uma pessoa de determinada empresa, cuida do animal enquanto os donos estão fora, na casa e ambiente de costume do bichinho.  Gera o conforto, segurança e bem estar aos pets e ao seu dono. É recomendado que aqueles que hospedem os bichinhos enviem são fotos e imagens, mostrando a rotina e a situação dos “filhos de 4 patas”.

No entanto, é necessário analisar o perfil do seu animal e se ele comporta bem em ambientes que não sejam familiares a ele. Se eu pet tiver um perfil mais medroso ou estressado e não se adaptar fácil em outros locais, essa não será a melhor opção para você.