Quero Ser Aprovado

Agora vai: especialista ensina segredo para passar em concurso público

O primeiro passo, segundo Sabrina Alves, é ler o edital. Por lá, será possível entender como será realizada a prova e quais as matérias exigidas

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
Com a taxa de desemprego chegando em quase 12%, é comum encontrar pessoas estudando para uma prova de concurso público, visando conseguir estabilidade, bom salário e demais benefícios. O único problema da busca por uma carreira sólida e com possibilidade de crescimento é que nem todo mundo sabe como estudar, o que afeta diretamente a possibilidade de aprovação. A especialista e professora de cursos preparatórios, Sabrina Alves, ensina como passar em concursos.

O primeiro passo, segundo Sabrina, é ler o edital. Por lá, será possível entender como será realizada a prova e quais as matérias exigidas. "Geralmente, as provas costumam ter 60 questões de múltipla escolha, com cinco alternativas cada, sendo metade de conhecimentos específicos e metade de conhecimentos gerais", explicou. Para ela, conhecimentos em concordância verbal, regências nominais e verbais, vocabulário vasto, interpretação de texto e boa redação (já que algumas têm questões discursivas) são critérios fundamentais para aprovação.

Foto: reprodução
Sabrina também considera fundamental conhecimento sobre o órgão competente. "Ler sobre é importante, mas realizar provas de anos anteriores é muito mais. Isso, porque será possível conhecer a estrutura das questões, como o enunciado é elaborado e como a banca avaliadora se comporta", enfatizou. Na hora de realizar provas antigas, é importante cronometrar para entender quanto tempo está sendo gasto para entender a questão e elaborar a resposta.

Montar um cronograma de estudos para melhorar a organização da matéria cobrada é um diferencial. "Recomendo foco naquelas matérias com maior dificuldade. Mas é bom lembrar que excesso de confiança pode causar prejuízos. Portanto também é importante reler os assuntos com maior familiaridade. O ideal é manter uma frequência de, pelo menos, 3 horas diárias. Pode não parecer muito, mas se todas as leituras e exercícios forem feitos, no fim da semana, serão 21 horas estudadas", disse Sabrina. Para aumentar a produtividade, a grande dica é focar intensamente durante 30 minutos e descansar por 10 minutos até completar a carga diária. Essa, de acordo com ela, é uma forma comprovada de reter a matéria e não se sobrecarregar.

Entretanto, para a professora, realizar um curso preparatório para concurso para professores é o aspecto principal. "Os cursos preparatórios são voltados para o concurso público que a pessoa vai prestar. Como o corpo docente tem total familiaridade com o que é cobrado e os macetes para a aprovação, pode ser uma boa", reforçou.



Com a rotina do dia a dia, muitas pessoas não conseguem comparecer às aulas presenciais. Os cursos online podem ser "melhores amigos", devido a flexibilidade. "É possível assistir os vídeos com o conteúdo de onde e quando quiser, desde que tenha acesso a internet. Entre as principais vantagens estão: professor disponível para esclarecer dúvidas, material de apoio e incentivo para estudar", completou.

Sabrina ressalta que apesar de cronogramas de estudos e cursos serem importantes, o que será decisivo para aprovação será a determinação e dedicação do estudante. De acordo com ela, muitas pessoas se preocupam em decorar a matéria, ao invés de entender, além de não prestarem atenção totalmente no que estão estudando. "Nos momentos de estudo, é preciso ficar imerso. Não dá para parar a cada cinco minutos para mexer no celular ou fazer qualquer outra coisa. Por mais que às vezes seja cansativo para a mente estudar com tanta frequência, é preciso se forçar a aproveitar o momento para conseguir a aprovação", finalizou.