Quero Ser Aprovado

Confira o que é indispensável para fixar o conteúdo e não dar 'branco'

O esquecimento pode acontecer por vários motivos, como dificuldade de concentração, ansiedade e cansaço

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
Um dos grandes medos dos estudantes na hora da prova é não lembrar daquilo que estudou. Por isso, além de entender, é preciso que aquele assunto fique na memória. Quando dar 'branco', isso pode acontecer por vários motivos, como dificuldade de concentração, ansiedade e cansaço. 

Para o psiquiatra Pablo Vinícius, do Instituo PARC (Programa de Alto Rendimento Cognitivo), o primeiro passo para a fixação do conteúdo é cuidar da saúde. "Ter saúde plena é fundamental. A partir disso, podemos intervir com métodos de ensino”, disse ao Guia do Estudante.

Além de manter a saúde em dia, o especialista defende que estudando no horário corrento, o estudo rende mais. Segundo ele, o cérebro tem uma tendência de reter as primeiras ou as últimas informações estudadas. Por isso, o ideal são blocos de estudos curtos, de 20 a 30 minutos, com repouso de 5 a 10 minutos.

Outra dica do psiquiatra é mesclar os canais de estudos. Por exemplo, entre a leitura e a oratória, entre o audiovisual e um podcast. 

Associações podem ajudar e muito a memorizar o assunto. Compare determinada situação com algo presente no seu dia a dia ou com a realidade das coisas. 

Há ainda métodos específicos que ajudam a fixar a disciplina. Cartões de memorização, por exemplo, ajudam a testar a memória. Nesse caso, o próprio estudante pode produzir o material, utilizando fichas ou cartões com uma pergunta na frente uma resposta no verso para tentar acertar quando for estudar.