Quero Ser Aprovado

Quais assuntos relacionados ao coronavírus podem cair no Enem e nos vestibulares?

Quantidade de assunto é tão grande que pode ser difícil identificar o que de fato é importante

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
O assunto da vez no mundo todo é a pandemia de coronavírus. O tema é urgente e global, por isso está presente em todo noticiário diariamente, com novos números de casos e orientações para evitar o contágio, por exemplo. Diante desse cenário, difícil imaginar que não seja tema de questões no Enem e em outros vestibulares.

No entanto, a quantidade de assunto é tão grande que pode ser difícil identificar o que de fato é importante. 

O primeiro ponto é entender o que é o coronavírus, um vírus da família Coronaviridae. Os vírus causadores da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers) também fazem parte dessa família. 

Os coronavríus (CoV) já é conhecida desde a década de 1960. No entanto, a nova variante da família de vírus, a 2019-nCoV, não tinha sido identificada em humanos. Apenas no final de 2019, em Wuhan, na China, foram diagnosticados os primeiros casos de Covid-19 em seres humanos.

Como isso aconteceu? De acordo com estudos, o víruso foi transmitido de animas para humanos. Um estudo chinês aponta que morcegos infectados o transmitiram a pangolins, animal bastante traficado na China. Esses, passaram para os seres humanos.

Como ocorre a transmissão? A transmissão ocorre de duas maneiras: pelo ar, quando uma pessoa contaminada tosse ou espirra e libera gotículas de saliva que podem contaminar outras pessoas ou pelo contato com objetos contaminados com essas gotículas ou secreções. 

Como previnir? Lavar frequentemente as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel; ao tossir ou espirrar, usar o antebraço ou cobrir a face; evitar contato com pessoas com infecções respitarórias aguadas; não compartilhar objetos pessoas; manter os ambientes ventilados; evitar aglomeração de pessoas.

Quais são os sintomas? Os sintomas mais comuns da Covid-19 são tosse, febre e infecções das vias aéreas. Os indivíduos mais suscetíveis são os idosos e as pessoas que apresentam algum tipo de doença cardiorrespiratória preexistente.