Salvador

2° etapa da vacinação contra a gripe começa nesta terça (11); saiba quem pode se vacinar

A estimativa é de que sejam vacinadas 427 mil pessoas até o dia 8 de junho

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em Salvador começa nesta terça-feira (11). Podem ser vacinados idosos com idade igual ou superior a 60 anos e os professores das redes pública e privada lotados na capital.

As doses estarão disponíveis para os novos grupos de idosos e professores exclusivamente no drive-thru do Shopping Barra, na Avenida Centenário. Além disso, as doses podem ser acessadas nas salas de vacina dos 109 postos de saúde (pontos fixos) da mobilização de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h.  

Com a inclusão desses públicos alvos, vacinados também contra a Covid-19 na cidade, é preciso se atentar para o intervalo de 14 dias para a aplicação entre os dois imunizantes. A infectologista da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Adielma Nizarala, salienta que deve-se priorizar a imunização contra o novo coronavírus

“Esse prazo de duas semanas é recomendado para que a vacina consiga gerar resultados, com a produção de anticorpos correspondentes aos efeitos de cada imunizante, independente de qual deles foi aplicado primeiro. Então, se alguém receber a vacina contra a Covid-19, deve aguardar pelo menos duas semanas antes de tomar qualquer outra dose e vice-versa”, explica a médica.

O objetivo da ação é reduzir complicações, internações e mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da gripe, além de evitar colapso do serviço de saúde em tempos de pandemia do novo coronavírus. A lista completa dos postos da vacina contra gripe pode ser consultada no site www.saude.salvador.ba.gov.br .  

Assistidos desde o início da estratégia contra a gripe, as crianças com idade entre seis meses e menores de seis anos, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde passam a ser atendidos apenas nos pontos fixos, a partir desta terça (11).

A campanha contra a Influenza tem tido uma baixa procura na capital – cerca de 32% dos indivíduos habilitados foram vacinados. A estimativa é de que sejam vacinadas 427 mil pessoas até o dia 8 de junho.