Salvador

Academia de Salvador realiza lives com exercícios para fazer durante a quarentena

Além das aulas, acontecem bate-papos para discutir temas de saúde e entretenimento

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Cuidar da saúde é essencial em um período de pandemia, e com as recomendações de quarentena por causa do novo coronavírus (covid-19), é preciso achar maneiras de deixar o corpo ativo mesmo em casa. Para isso, a academia Complexo h23, que fica em Stella Maris, realiza lives de aulas diariamente através do seu perfil no Instagram (@complexoh23) para incentivar os espectadores a não ficarem parados.

São transmitidas 35 aulas por semana, algumas temáticas, que já somam dezenas de milhares de visualizações e que incluem jump, step, alongamentos, funcional, bike, pilates, muay thay fit, entre outros, além de bate-papos informativos. 

Foto: Reprodução
O diretor de operações e um dos sócios da Complexo h23, Charles Batalha, explica que a ideia nasceu logo após o decreto municipal que ordenou o fechamento de academias e outros tipos de estabelecimentos para evitar aglomerações em Salvador. Ele conta que foi montado um comitê de crise para definir o que seria feito visando o público.

"Nós sabemos que a prática da atividade física é um dos fatores fundamentais na prevenção da covid-19, porque um indivíduo ativo e que cuida da saúde está com a imunidade mais elevada e menos suscetível a adquirir facilmente o vírus", diz Charles. 

Funcionamento
As transmissões são realizadas em espaços da própria academia, o que, segundo Charles, foi idealizado para fazer com que o público se sinta mais perto do ambiente, mesmo em casa. Ele salienta ainda que todos os cuidados estão sendo tomados para evitar contaminações: os funcionários vão em dupla, em carros próprios, e cumprem as medidas de higienização (uso de álcool gel e máscaras) a todo o momento. Inclusive, antes cada aula, os profissionais dão lembretes para o público sobre como se prevenir do coronavírus.

Além das demonstrações de exercícios, acontecem bate-papos com profissionais de saúde e atletas. O nadador Allan do Carmo e o pugilista Robson Conceição foram alguns dos convidados. "O cuidado é em dar ao público três coisas: atividade física, dicas de especialista e entretenimento informativo", explica Charles.

Retorno do público
Segundo Charles, os exercícios escolhidos foram definidos a partir de três fatores: atividades que os acessórios podem ser substituídos, que trazem menos riscos e que também pudesses ser variadas e capaz de atender o público de forma mais aberta. 

As modalidades de exercícios realizadas nas transmissões também sofrem alterações de acordo com o interesse do público. Charles explica que, a cada 15 dias, a grade de aulas é alterada com base na avaliação das quais foram mais visualizadas. 

Prova de que as aulas estão sendo bem aceitas é a aluna da Complexo h23 Angélica Lodis (43). "Esporte faz parte de minha rotina diária. Essas aulas são muito divertidas e estão me ajudando a manter a forma e principalmente minha saúde. E, para ser sincera, não perco uma sequer!".