Salvador

ACM Neto responde a folião que pediu para Carnaval ser adiado por ausência de Ivete

Prefeito listou outros atrativos da festa em Salvador para que foliões de fora não desistam de viagem

Redação Correio 24h

um texto bem-humorado, o prefeito ACM Neto usou seu perfil no Facebook, nesta quinta-feira (14), para responder a um folião que sugeriu a alteração da data do Carnaval em razão da gravidez da cantora Ivete Sangalo.

A mudança no calendário foi sugerida pelo folião Matheus Nadier, que escreveu carta aberta ao prefeito, demonstrando preocupação com o fato da estrela completar oito meses de gestação de gêmeos justamente na época da folia, e o texto viralizou nas redes sociais. 

Confira um trecho da carta:
"Ou damos um jeito de conversar com algum santo parteiro e fazer com que ela faça esse parto pré-maturo de sete meses (de forma muito segura), ou não tem possibilidade alguma dela se apresentar no Carnaval. E cá entre nós, o que vai ser do Carnaval de Salvador sem Ivete Sangalo? Se eu fosse patrocinador, já tirava meu dinheiro da reta. Você acha mesmo que o vale dos homossexuais inteiro vai se deslocar para Bahia para ir atrás do bloco da Claudia Leitte? Menos né...", escreveu o folião, sem esconder a preferência pela morena".


Na resposta, o prefeito argumentou que a definição da data depende do calendário cristão, e que, para chegar a ela, é “um parto”. “Primeiro precisamos descobrir quando cai o domingo de Páscoa: é sempre o primeiro domingo de lua cheia após o dia 21 de março. Ou seja: em 2018, a Páscoa vai cair no dia 1º de abril. (Parece até mentira, mas a conta é essa aí! Kkkkkkk). Depois que descobrimos o dia da Páscoa, retrocedemos sete domingos e chegamos, finalmente, à semana que se inicia o Carnaval. Logo, no próximo ano, a folia começa, oficialmente, no dia 8 de fevereiro aqui em Salvador. (Lembrando que ainda tem o pré-Carnaval!) Essa conta do Carnaval é, literalmente, um PARTO... e, além disso, é uma tradição mais antiga que o trio elétrico e a guitarra baiana”, explica Neto.

Sobre a possível desistência de parte do público, informou que há outros atrativos a serem considerados. “Eu tenho certeza que, caso Ivete não consiga participar do Carnaval, ela fará muita falta. Mas fico na torcida (e aposto que a Ivete também) para que o 'vale dos homossexuais inteiro' não desista de prestigiar o Melhor Carnaval do mundo”, brinca Neto.

"Onde é que você vai sentir aquele arrepio ao pisar na avenida e a guitarra baiana começa a tocar os primeiros acordes de "We are Carnaval"? Quero ver onde seu coração vai explodir de alegria vendo o Ilê passar... E o batuque do timbau que é só nosso? Oxe... Tá doido de perder os Filhos de Gandhy? Sem falar naquela brisa boa do mar que bate enquanto você tá atrás do trio elétrico... Não tem jeito, amigo: só em Salvador você vai andar mais de 30 km sem se cansar e, no fim de tudo, ainda vai ser presenteado com um pôr do sol na Castro Alves", concluiu o prefeito.

Em 2018, a abertura oficial do Carnaval de Salvador, com a entrega da chave da cidade ao Rei Momo, está prevista para ocorrer no dia 7 de fevereiro (quarta-feira).