Salvador

Ambulâncias de resgate passam a ser obrigatórias em locais de prática esportiva

Nos casos de eventos esportivos promovidos por pessoas jurídicas, os responsáveis pelas partidas terão de providenciar as ambulância

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Segundo a autora do texto, a vereadora Aladilce Souza (PCdoB), locais como o Dique do Tororó, orlas da Barra e Jardim de Alah, Parque da Cidade, a Cidade Baixa e o Parque de Pituaçu estão contemplados.


Nos casos de eventos esportivos promovidos por pessoas jurídicas, os responsáveis pelas partidas terão de providenciar as ambulâncias


A lei nº 8.910/2015 foi aprovada em sessão na Câmara Municipal no mês de agosto e aguardava aprovação do prefeito ACM Neto para entrar em vigor. “Agora a presença das ambulâncias contribuirá para diminuir da gravidade das lesões originadas em acidentes, mal-estar e problemas súbitos. Muitas mortes e lesões graves das pessoas que praticam esportes em locais públicos serão evitadas”, declarou Aladilce.

Correio24horas