Salvador

Após chuva, energia elétrica é restabelecida na região da Paralela, Imbuí e Costa Azul

A queda do serviço foi causada por descargas de raios que atingiram a rede elétrica

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Por causa da queda de raios, o serviço de energia elétrica foi interrompido, na manhã desta quinta-feira (30), nas regiões da Avenida Paralela, Imbuí e Costa Azul. De acordo com a Coelba, a energia foi restabelecida no início desta tarde, quando a chuva cessou. Ainda de acordo com a empresa, as interrupções foram pontuais e nenhum bairro da cidade ficou totalmente sem energia. Em alguns, a queda foi causada por descargas de raios que atingiram a rede elétrica.

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) informou que, até às 15h50 de hoje, recebeu 188 solicitações de emergência. Os bairros com maior número de chamados foram São Marcos (21), Alto da Terezinha (11) e Sussuarana (10). Não foram registrados casos de pessoas feridas. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

Foram quatro chamados por alagamentos de área, 68 alagamentos de imóvel, 27 ameaças de desabamento de imóvel, quatro ameaças de desabamento de muro, 42 ameaças de deslizamento de terra, uma ameaça de queda de árvore, uma árvore caída, três avaliações de imóvel alagado, um desabamento de imóvel, dois desabamentos de muro, três desabamentos parciais, 24 deslizamentos de terra, um galho de árvore caído, seis infiltrações e uma orientação técnica.

Até o final de semana
A forte chuva que atinge Salvador na manhã desta quinta-feira (30) não é pontual. Um relatório da Defesa Civil de Salvador (Codesal) emitido nesta quarta, ao qual o CORREIO teve acesso, aponta a ocorrência de chuvas intensas, pelo menos, até o final de semana. "A frente fria que se desloca sobre a capital baiana deverá favorecer a ocorrência de chuvas significativas nas próximas 72 horas. Assim, chuvas com intensidades variando de fraca a moderada, por vezes fortes, deverão proporcionar riscos de alagamento em algumas áreas da cidade", aponta o documento.