Salvador

Boatos de toque de recolher fazem comerciantes de Cosme de Farias fecharem as portas

Polícia desmente que estaria pedindo ao comércio local para ser fechado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Alguns estabelecimentos de Cosme de Farias fecharam as portas no início da tarde desta sexta-feira (14), após, segundo eles, terem recebido uma ligação da 58ª CIPM mandando fecharem suas portas. De acordo com uma funcionária da editora Saraiva, que preferiu não se identificar, a policia pediu que todo o comércio local seja fechado e que os moradores não circulem pelas ruas.


Boatos de um toque de recolher começam a surgir nas redes sociais na noite desta quinta-feira (13), depois que o traficante conhecido como Titanic foi morto durante um confronto com a polícia. O patrulhamento na região do bairro, bem como na Luís Anselmo, Matatu, Vila Laura e avenida Bonocô foi reforçado. Em contato com o iBahia, a 58ª CIPM, que atua na região, afirmou que 10 viaturas estão rodando os locais, sendo que o policiamento está sendo feito em parceria de diversas corporações, como a Rondesp, Operação Gêmeos e Apolo.

Lojas fechadas e ruas sem movimento no bairro de Cosme de Farias

Mesmo com a onda de boatos de que a polícia estaria avisando aos comerciantes de fecharem as portas mais cedo, a 58ª CIPM disse que já foi informada desses boatos e que não está ligando para nenhum estabelecimento comunicando um possível toque de recolher.Já parte dos funcionários da Secretaria Municipal de Educação, que fica no Engenho Velho de Brotas, foi liberada mais cedo do expediente. De acordo com a secretaria, alguns servidores que passam perto ou moram na região onde aconteceu a operação da polícia, ficaram com medo dos boatos espalhados pelas redes sociais do toque de recolher. O expediente na secretaria se encerra normalmente às 17h. Ainda segundo a assessoria da Secretaria, a liberação dos funcionários também foi motivada pelo anúncio da Coelba de interrompimento do fornecimento de energia da região para realizar obras. No entanto, a assessoria de comunicação da Coelba informou que não está prevista nenhuma interrupção de energia na área, de acordo com informações do Correio24horas.