Salvador

Caminhão que tombou no Uruguai ainda não pode ser retirado do local

Um engenheiro da Defesa Civil de Salvador (Codesal) esteve no local e disse que ainda não é possível a retirada do veículo pois o local está instável

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A carreta que afundou após o asfalto ceder na Rua Conselheiro Zacarias, no bairro do Uruguai ainda não pode ser retirada do local. De acordo com a Superintendência de Trânsito e Transporte (Transalvador), um engenheiro da Defesa Civil de Salvador (Codesal) esteve no local na tarde desta quinta-feira (10), e disse que ainda não é possível a retirada do veículo pois o local está instável. O órgão pede que os motoristas evitem a área.


Acompanhe o trânsito de Salvador por câmeras ao vivo

A Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop) também está monitorando o local e afirma que os imóveis das proximidades não foram afetadas. Com a interdição de um trecho da rua, os condutores saídos do Largo dos Mares devem passar pela Rua Fernandes da Cunha para chegar à Rua do Uruguai.


Na madrugada desta sexta-feira (11), a carreta que tombou próximo a entrada do Túnel Américo Simas foi retirada do local. Ela transportava containers carregados de móveis e tombou após a carga colidir com o viaduto. O motorista do veículo disse que não percebeu que a altura dos containers não era compatível com o espaço embaixo dos viadutos.