Salvador

Chineses são presos por comercializar comida estragada em restaurante na Barroquinha

O casal foi acusado de servir refeições preparadas com ingredientes deteriorados, acondicionados em condições de higiene inadequadas ou com prazo de validade vencido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Donos de um restaurante chinês, de nome Linag, localizado na Barroquinha, foram presos nessa terça-feira (7) acusados de servirem refeições preparadas com ingredientes deteriorados, acondicionados em condições de higiene inadequadas ou com prazo de validade vencido.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Equipes da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon) e da Vigilância Sanitária de Salvador (Visa) encontraram, na cozinha do estabelecimento, produtos apresentando mau cheiro. Além disso, dentro do freezer havia alimentos guardados junto a bebidas. “Tudo isso é irregular e põe em risco a saúde dos clientes”, afirou a titular da Decon, delegada Idalina Otero.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Zheng e Cen Mei foram autuados em flagrante e foram encaminhados na manhã dessa quarta-feira (8) ao Núcleo de Prisão em Flagrantes, localizado na avenida ACM. Ainda de acordo com Idalina, o casal já havia sido preso há um ano pelo mesmo crime. A vigilância sanitária recolheu os alimentos e interditou o estabelecimento.