Salvador

Chuva causa desabamentos de imóveis e deixa ruas alagadas neste domingo (10)

Segundo boletim da Codesal divulgado por volta das 8h, foram registradas 20 ocorrências até o horário

Redação Correio24h (redacao@correio24horas.com.br)
- Atualizada em

As fortes chuvas que atingem a capital baiana desde a madrugada deste domingo (8) voltou a causar transtornos a exemplo de ruas alagadas, deslizamentos de terras e desabamentos de imóveis. Os maiores pontos de alagamento são registrados nos bairros da Calçada e Imbuí - atrás do hipermecado Extra -, além da avenida Barros Reis.

(Foto: Arquivo CORREIO)



Agentes da Transalvador tiveram de interditar a saída do bairro de São Caetano e Estação Pirajá para a BR-324 por conta de uma cratera aberta após as chuvas. Quem deseja acessar a rodovia, tem que usar vias alternativas existentes no bairro ou subir o viaduto próximo à Estação Pirajá.


De acordo com a Defesa Civil de Salvador (Codesal), um imóvel desabou já pela manhã, por volta das 6h20, na comunidade do Bate Facho, no bairro do Imbuí. Ainda de acordo com o órgão, um engenheiro foi enviado ao local e não há registro de feridos.


Segundo boletim do órgão divulgado por volta das 8h, foram registradas 20 ocorrências até o horário. Foram cinco alagamentos de imóvel, duas ameaças de desabamento de imóvel, uma ameaça de desabamento de muro, um desabamento de muro, uma infiltração e 10 deslizamentos de terra, estes registrados nos bairros de Castelo Branco, Liberdade, Narandiba, Plataforma, Susussuarana, Fazenda Grande 4, Alto do Coqueirinho e Tororó. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.


De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo deve permanecer nublado com chuva e períodos de melhoria. A temperatura deve variar entre 22ºC a 39ºC.​​​​​