Salvador

Chuva forte provoca buraco na Estrada da Liberdade

O buraco tem cerca de 6 metros de comprimento por 2,5 de profundidade

Redação Correio 24h

Quem pretende passar pela Estrada da Liberdade, no bairro da Liberdade, em Salvador, precisa ter paciência. A chuva forte que caiu na cidade na segunda-feira (3) abriu um buraco na pista e técnicos da Secretaria Municipal de Manutenção (Seman) estão trabalhando no local desde a manhã desta quarta-feira (5). No trecho, uma das duas faixas da pistas precisou ser interditada. Outra cratera foi aberta em um trecho da BR-324. 

Técnicos da Seman trabalham no local (Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO)

Moradores contaram que o buraco surgiu durante a chuva, e que usaram pedaços de madeira para sinalizar o local e evitar acidente. Na terça, uma equipe da Seman esteve na região e avaliou o problema. Segundo o secretário da pasta, Marcílio Bastos, a rede responsável por recolher a água da chuva não suportou o volume de água e rompeu.

"Isso provocou uma fuga de material, o que deu origem ao buraco. Na terça-feira, estivemos no local, mas, por conta da instabilidade no tempo, resolvemos não fazer o serviço naquele dia. Aterramos o buraco e colocamos uma chapa no local. Nesta quarta, as equipes começaram o reparo", contou o secretário.

Os técnicos precisaram ampliar o buraco para fazer a troca da rede de drenagem e a cratera, agora, tem cerca de 6 metros de comprimento por 2,5 metros de profundidade. Depois da substituição dos tubos, o buraco será aterrado, será colocado solo brita e o asfalto. O secretário estima que a obra seja concluída até esta quinta-feira (6).

Pessoas desviam da cratera na Estrada da Liberdade (Foto: Mauro Akin Nassor/ CORREIO)

"Estamos dependendo do tempo. O ideal seria fazer o serviço à noite, mas as madrugadas estão sendo chuvosas, então, pedimos desculpas à população pelos transtornos, mas precisamos fazer o serviço enquanto o tempo está firme", disse.

Segundo a Transalvador, pela manhã a região da Liberdade ficou congestionada por conta do buraco. À tarde, o fluxo e intenso no local, mas sem retenção.

Desde que as chuvas de março começaram a cair em Salvador, a Seman registrou 79 fugas de material como a que aconteceu na Liberdade. A Secretaria também contabilizou 151 pontos em que foram necessárias desobstruções por causa da chuva e 24 equipes aguardaram um período mais estável de sol para intensificar a operação Tapa Buraco.