Salvador

Cidade Baixa terá casa de apoio às mulheres em tratamento contra o câncer

Obras têm previsão de início ainda neste semestre

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Salvador terá uma casa de apoio destinada às mulheres do interior da Bahia que vêm realizar tratamento oncológico na capital. A Casa de Apoio à Mulher com Câncer será construída próxima ao Hospital da Mulher, no largo de Roma. As obras têm previsão de início ainda neste semestre

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA
A estrutura projetada irá abrigar até 120 mulheres, que, além de hospedagem, terão acesso a terapias ocupacionais e oficinas de capacitação. A Casa de Apoio incluirá também uma cozinha experimental, salas de convivência, refeitório e quartos individuais e duplos. O projeto arquitetônico será doado pelo arquiteto David Bastos.

Por não terem um ponto de apoio na capital, muitas mulheres abandonam o tratamento. Desde que foi inaugurado, há dois anos, o hospital recebe mulheres de toda a Bahia, sendo 62,2% do público oriundo do interior. No total, a unidade atingiu a marca de 216 mil atendimentos médicos e quase 128 mil atendimentos realizados pela equipe multiprofissional.

Doações
Com o objetivo de arrecadar fundos para a construção da Casa de Apoio à Mulher com Câncer, as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) irão realizar um baile carnavalesco, inspirado na tradicional festa carnavalesca Mardi Gras, que acontece em Nova Orleans, nos Estados Unidos. Toda a renda obtida será revertida para as obras da Casa de Apoio.

Idealizado pela primeira-dama do Estado, Aline Peixoto, o evento acontecerá no dia 22 de fevereiro, no Palácio da Aclamação. Os ingressos, a preço único de R$ 800, estão à venda na sede das Voluntárias Sociais, localizada na Rua Baronesa de Sauipe, nº 382, no Largo do Campo Grande, e no balcão de Ingressos da Line, no 2º Piso do Shopping da Bahia.

Estão confirmados shows de Luiz Caldas, Tatau e dos Irmãos Macedo. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (71) 3117-4900.