Salvador

Cinco monumentos do Terreiro de Jesus vão receber iluminação cênica

São eles a Catedral Basílica, a Faculdade de Medicina e as igrejas de São Domingos, de São Pedro dos Clérigos e do São Francisco

Da Redação
- Atualizada em

Durante o segundo semestre deste ano, quem passar pelo Terreiro de Jesus vai notar que cinco monumentos estarão iluminados de uma forma diferente. A Catedral Basílica, a Faculdade de Medicina e as igrejas de São Domingos, de São Pedro dos Clérigos e do São Francisco serão alvo do projeto de iluminação cênica, que começa a ser desenvolvido pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC).


"Além de tombados individualmente, esses cinco grandes monumentos estão em área de preservação rigorosa", diz o arquiteto fiscal das obras do IPAC, Adolfo Roriz. A proposta é ressaltar as linhas e estilos arquitetônicos das construções seculares, incorporando sombras e texturas como elementos de composição e contraste, para um impacto cênico ainda maior para quem visita o Pelourinho durante a noite.

A Faculdade de Medicina será um dos monumentos que receberá a iluminação cênica


Os monumentos serão iluminados com lâmpadas tipo 'Led', que oferecem o maior rendimento com baixo consumo.

Serão instaladas 69 luminárias na Igreja de São Domingos e 65 luminárias na Igreja de São Pedro dos Clérigos. A Catedral Basílica receberá 179 luminárias e a Faculdade de Medicina terá 87 luminárias. Já a Igreja do São Francisco, famosa por ter cobertura interna com lâminas de ouro, ganhará 199 luminárias.


"Criaremos oportunidade de visualização ampla e moderna, desde o nível das ruas até os pontos mais elevados, onde a iluminação pública não é capaz de proporcionar luz", explica Roriz. O investimento do projeto está avaliado em cerca de R$ 2,5 milhões do Tesouro Estadual.


Outras regiões serão iluminadas
Depois de o projeto instalar a iluminação cênica no Terreiro de Jesus, ele contemplará outras regiões, como Carmo, Saúde e Santo Antônio. Receberão iluminação especial o monumento Cruz do Pascoal no bairro de Santo Antônio, o prédio do Arcebispado, o edifício da Coelba, na Praça da Sé, a Ordem Terceira de São Francisco e as igrejas do Boqueirão, São Miguel, Santo Antônio e Saúde. No Pelourinho, também serão iluminados o Museu da Cidade, Solar Ferrão, a igreja do Rosário dos Pretos, Casa do Benin e Fundação Casa de Jorge Amado.