Salvador

Codesal entra em estado de atenção por conta da chuva

Previsão é de chuva em Salvador até a próxima sexta-feira (11)

Redação Correio 24h

A Defesa Civil de Salvador (Codesal) informou nesta segunda-feira (7) que está em estado de atenção após o Centro de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden) ter notificado o risco de novos deslizamentos na cidade e a previsao de continuidade das chuvas até a próxima sexta-feira (11). Segundo estimativas da Codesal, 42.262 pessoas vivem em áreas de risco na capital baiana.

A partir das condições do tempo, o Cemaden prevê quatro categorias: Observação, Atenção, Alerta e Alerta Máximo. Segundo levantamento do Cemaden o acumulado de chuva das últimas 72 horas é de 72 milímetros.

Só nesta segunda, já tinha chovido 25,8 mm em média, em toda a cidade, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Nas últimas 12 horas, o local onde mais choveu foi o bairro de Tancredo Neves, onde os pluviômetros do Cemaden registraram 36,4 mm. Logo em seguida, vêm Águas Claras e São Caetano, com 32,34 mm e 30,91mm, respectivamente.

A previsão é que o tempo fique instável em todo o litoral da Bahia até o fim da semana, com alguns períodos de abertura para o sol. Mesmo assim, a chuva deve aumentar. Desde o dia 1º, salvador registrou 61,3 mm de chuva. “Isso é apenas 17º do que costuma chover em maio, que é algo em torno de 360 mm”, completa.

Até as 8h desta segunda-feira a Codesal tinha recebido quatro ocorrências. Foram duas ameaças de desabamento de imóvel e dois desabamentos de muro. Não há registro de feridos. A Codesal permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.