Salvador

Concha Negra encerra o ano reunindo grandes atrações

Shows ocorrem até o dia 4 de fevereiro, um domingo, quando o Malê Debalê finaliza as apresentações

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Concha Negra, projeto que fomenta a diversidade cultural no estado, teve seu último show do ano apresentado no domingo (17), na Concha Acústica. Ao lado do Cortejo Afro, a banda Baiana System e o Núcleo de Opera da Bahia entregaram um grande show para os presentes.

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Para o presidente do Cortejo Afro, Roberto Pitta, o show serve como uma política de reparação. 'O Concha Negra é um acerto, é uma percepção da importância que tem essa valorização', afirma. Além disso, Pitta explica a importância da Concha Acústica: 'A Concha Acústica é um Palco sagrado, todo mundo quer fazer. E eu tenho notícia de que é um dos melhores lugares do Brasil para fazer show, muita gente que vem de fora fala isso. É um espaço único, nosso, baiano', diz.

Para Beto Barreto, guitarrista da banda Baiana System, o espetáculo demonstra a importância que os blocos afro têm para a cultura de Salvador. 'Todo mundo fala muito dessa importância mas os espaços não são muitos. Essa é uma festa que as pessoas podem vir, assistir como show, dançar. Então esse é um momento muito importante para música baiana olhar para essa raiz, para essa formação', afirma.

Os shows ocorrem até o dia 4 de fevereiro, um domingo, quando o Malê Debalê finaliza as apresentações.