Salvador

Confira a lista das unidades de ensino e serviço que têm expediente suspenso nesta segunda

Sem combustível por conta da greve, a circulação de veículos do transporte público e vans escolares está reduzida

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Em seu oitavo dia, a greve dos  caminhoneiros tem alterado a rotina de todo o país. Em Salvador, nesta segunda-feira (28) algumas instituições de ensino e órgãos da capital anunciaram a alteração ou suspensão do expediente. No domingo (27), alguns postos de Salvador passaram  a ser reabastecidos o que provocou filas extensas. 

Universidades e faculdades

Universidade Federal da Bahia - suspendeu aulas de graduação e pós-graduação.

Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs)

Universidade Estadual da Bahia (Uneb)

Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge)

Faculdade Social da Bahia (FSBA)

Centro Universitário Estácio

Centro Universitário Unirb

Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC)

Faculdade ÁREA1 | Wyden

Faculdade  Ruy Barbosa | Wyden

Escolas municipais de Lauro de Freitas - região metropolitana de Salvador

Escolas municipais de Vitória da Conquista - sudoeste do estado

Escolas

Todas as unidades do ensino municipal de Camaçari, na região metropolitana

Escolas como Pindorama e Dorilândia pediram que os pais fiquem atentos às redes sociais das unidades, pois o cancelamento das aulas pode ser divulgado a qualquer momento. 

Salesiano Dom Bosco - Salvador

Anchieta - Salvador

São Paulo - Salvador

Integral - Salvador - Atividades suspensas até terça-feira (29)

Girassol - Salvador

Lápis de Cor - Salvador

Sartre - Atividades suspensas até segunda-feira (28).

Gregor Mendel - Salvador

Transporte Público  

Da frota de 2600 ônibus em Salvador, 80% do total deve circular nos horários de pico, de acordo com a  Secretaria de Mobilidade (Semob).  

Porém, a circulação dos coletivos irá depender da demanda, em virtude da economia de combustível. Ou seja, quanto maior a necessidade da população, mas ônibus circulam nas ruas e vice-versa.

A Secretaria da Segurança Pública da Bahia informou, através da assessoria de comunicação, informou que não há bloqueios nas rodovias estaduais e por conta disso não buscará apoio do Exército. Já quanto às rodovias federais a decisão, segundo a SSP, são das Forças Armadas.