Salvador

Corpo da prefeita Rilza Valentim é enterrado em São Francisco do Conde

Rilza morreu na noite da última quinta-feira (24), após sofrer uma embolia pulmonar

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Desde as 7h desta sexta-feira (25), mais de 5 mil pessoas lotaram o salão principal da Câmara Municipal de São Francisco do Conde, cidade do Recôncavo Baiano, para dar o último adeus a Rilza Valentim, prefeita da cidade, que morreu na quinta-feira (24), vítima de embolia pulmonar. Autoridades, eleitores e admiradores da gestão de Rilza também compareceram ao velório e seguiram cortejo até o cemitério Recanto da Paz, onde Rilza foi enterrada. Segundo moradores da região, os três filhos da prefeita, Rafaela, Rodrigo e Raiana, também compareceram ao velório. 
Corpo da prefeita Rilza Valentim é enterrado em São Francisco do Conde
Natural de São Francisco do Conde, Rilza Valentim foi professora de Química e começou sua carreira na vida pública ao assumir a Secretaria Municipal de Educação de São Francisco do Conde. Foi vereadora por dois mandatos nos anos de 2000 e 2004. Em 2008, chegou à prefeitura e, em 2012, foi reeleita com mais de 75% dos votos. Ainda não há informações sobre o sepultamento. Doença
Segundo informações do PT, a Rilza sofria de anemia falciforme, doença hereditária que atinge principalmente a população negra e provoca os sintomas clássicos da anemia, como fadiga, fraqueza e palidez, além de dores intensas nas articulações. Por conta da doença, os glóbulos vermelhos sofrem uma alteração, perdendo a forma arredondada e elástica, adquirindo o aspecto de foice e endurecendo, o que dificulta a passagem do sangue pelos vasos de pequeno calibre e a oxigenação dos tecidos. A prefeitura de São Francisco do Conde mantinha um programa de assistência aos portadores de anemia ou traço falciforme desde o início da sua gestão.Confira a galeria de fotos do sepultamento: