Salvador

Cratera de três metros de profundidade aparece no Rio Vermelho; "dono" ainda é desconhecido

Equipes da Sucop e da Embasa estão no local para analisar de quem é a responsabilidade do buraco

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma cratera de aproximadamente 3 metros de comprimento e 3 metros de profundidade se abriu no Largo de Santana, no bairro do Rio Vermelho, na noite desta terça-feira (10). De acordo com a assessoria de comunicação da Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Salvador (Sucop), uma equipe já foi encaminhada ao local para analisar o buraco, mas o reparo só será realizado caso o mesmo seja de responsabilidade da autarquia, já que ele pode ter sido provocado por uma obra hidráulica que a Empresa Baiana de Águas e Saneamento S.A (Embasa) realizou no local.

Em contato com o iBahia, a assessoria da Embasa informou que também já enviou uma equipe para o lugar e irá investigar o motivo cratera ter se formado. Caso a empresa seja mesmo a culpada, um reparo será feito ainda nesta quarta-feira (10). Já a Sucop afirmou que o tempo de reparo depende da gravidade do processo. A área já foi isolada para evitar possíveis acidentes.


Segundo informações do repórter Gil Santos, do Jornal Correio*, que esteve no local, o buraco teria sido aberto graças à uma infiltração em uma manilha de cerâmica da tubulação, que acabou rompendo a pavimentação.