Salvador

Decreto determina que cinemas e academias sejam fechados a partir de quarta-feira (18)

Aulas nas redes municipal e particular de ensino também serão suspensas por 15 dias

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Além da suspensão das aulas das redes municipais e particular de ensino a partir desta quarta-feira (18), o decreto da Prefeitura de Salvador também irá suspender, durante 15 dias, o funcionamento de cinemas, academias e parques públicos. Esta medida tem como objetivo conter o avanço do novo coronavírus em Salvador.  

Em entrevista à TV Bahia, o prefeito da capital baiana, ACM Neto, garantiu que haverá fiscalização destes tipos de estabelecimentos. "Caso alguém queira manter o local aberto, estará sujeito a multa e até mesmo a cassação de alvará", explicou.

Até o momento, foram registrados oito casos do novo coronavírus na Bahia, três deles são em Salvador.


Veja pontos das medidas que serão publicadas no Diário Oficial do Município:
1 - Suspensão por tempo indeterminado de exigência de atendimento para aposentados e pensionistas que precisam de recadastrar no dia de seu aniversário. Não vai suspender o benefício de ninguém.

2- Suspensão de férias e licenças de profissionais da saúde, guarda, sempre e Defesa Civil para ficarem se prontidão para atender a população. Outras áreas podem ser suspensas, caso necessário.

3 - Trabalho remoto para profissionais da prefeitura acima de 65 anos, exceto aqueles que atuem em serviços essenciais para o funcionamento do serviço público. - Secretários e dirigentes estão excluídos do decreto.

4- Fechamento dos parques públicos, a partir de quarta-feira.

5- Suspensão por 15 dias, a partir de quarta, as aulas da rede municipal e particular da cidade. Se precisar, medida será estendida; suspender funcionamento de cinemas e academias, por 15 dias, a partir de quarta.

6- Todas as inaugurações e atos da prefeitura serão realizados sem a presença de público. Apenas a autoridade ligada ao ato e a imprensa participarão.