Salvador

Deslizamentos de terra deixam soterrados em Águas Claras e Sussuarana

Nesta quinta-feira (23), a Codesal já recebeu 111 solicitações causadas pela chuva

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )
- Atualizada em

Devido a fortes chuvas na capital baiana, um deslizamento de terra deixou uma família soterrada na manhã deste quinta-feira (23), em Águas Claras. De acordo com o site Correio, bombeiros estão no local fazendo resgate acompanhado da Defesa Civil de Salvador (Codesal).

Foto: Reprodução/ TV Bahia 

"Nós levantamos há pouco, há situações de risco aqui na localidade, vistorias realizadas na região, que apontam um risco por conta da questão geológica da localidade. Nossa operação agora passa a acontecer apenas após a de salvamento realizada pelos Bombeiros", explicou Sosthenes Macedo, diretor da Codesal, à TV Bahia. O órgão alertou moradores da região para deixarem os imóveis. "Se preciso for vamos fazer uso da força policial para que as pessoas deixem as edificações e preservem suas vidas".

Segundo ainda o Correio, no momento do deslizamento estavam na casa, um casal, uma filha e uma neta. Os vizinhos conseguiram salvar a bebê Maria Eduarda e a sua mãe, Gabriela. Já os bombeiros retiraram o pai de Gabriela. A matriarca da família, a diarista Maria da Conceição, 41 anos, segue desaparecida. Segundo familiares, Gabriela passou a noite na casa da mãe, que queria ver a netinha.

Além desse caso, outro foi registrado no bairro de Sussuarana, onde uma criança de 8 anos foi soterrada depois de um deslizamento de terra. A menina, identificada como Sofia, foi resgatada.

Uma vizinha da família relatou que o barranco cedeu pelos fundos da casa da família, depois das 10h desta quinta-feira (23). "Quando eu passei para ir para casa de minha mãe eu vi o desespero da mãe da menina, gritando, pedindo socorro. Eu chamei o pessoal para ajudar a socorrer".

Nesta quinta-feira (23), a Codesal já recebeu 111 solicitações causadas pela chuva. Ao todo, foram 41 deslizamentos de terra, 27 avaliações de imóvel alagado, 11 ameaças de desabamento, nove ameaças de desabamento, cinco desabamentos de muro, cinco desabamentos parcial, quatro imóveis alagados, dois desabamentos de imóvel, duas infiltrações, um alagamento de área, uma ameaça de desabamento de muro, uma árvore ameaçando cair, uma árvore caída e um destelhamento.