Salvador

Dia de Irmã Dulce tem programação especial no santuário da religiosa

Programação se encerra com a celebração da terceira e última missa programada para o dia, às 17h

Redação Correio 24h
- Atualizada em
Milhares de fiéis são aguardados nesta quinta-feira (12) nas Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), no Largo de Roma, para a celebração da Festa da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. A celebração, que começa às 6h30 e segue até o final da tarde, marca a data oficial dedicada a Irmã Dulce. O alto da programação, divulgada ontem pelas Osid, é a missa solene que está marcada para as 10h, no santuário da religiosa, e será presidida pelo arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger.

O 13 de agosto foi escolhido para lembrar a religiosa porque foi nesta mesma data, em 1933, na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus (em Sergipe), que Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, aos 19 anos, recebia o hábito de freira e adotava, em homenagem a sua mãe, o nome de Irmã Dulce.

A programação se encerra com a celebração da terceira e última missa programada para o dia, às 17h. Essa última é dos devotos e dos próprios funcionários das Osid. Segundo a organização, o lema “Eu vim para servir” será explorado durante as pregações e atos que lembram as ações do Anjo Bom da Bahia.