Salvador

Dono de estabelecimento em Itapuã é multado por 'gato' de água

Local tem cerca de 30 funcionários e desviava cerca de 30 mil litros de água por mês

Redação do Correio 24 Horas
Uma ligação fraudulenta de água em um estabelecimento comercial de Itapuão foi localizada na manhã desta quarta-feira (16) por técnicos da Embasa. O local tem cerca de 30 funcionários, fica na Avenida Dorival Caymmi e desviava cerca de 30 mil litros de água por mês.
O responsável foi multado em R$ 4.956,10 e uma pessoa foi conduzida para a 12ª Delegacia (Itapuã) por conta da infração. Este ano, a Embasa já localizou e retirou mais de 240 gatos de água de imóveis no bairro e região.
Foto: Divulgação
Atualmente, a empresa tem 50 equipes de campo para identificar e retirar ligações irregulares em toda Salvador. Os casos suspeitos são identificados através de análises de consumo e cruzamento de dados no sistema. A empresa também oferece um número para que a população faça denúncias de fraude de maneira sigilosa - 0800 0555 195.
O furto de água é considerado crime contra o patrimônio e tem pena prevista de 1 a 4 anos de prisão, além de multa.  Superintendente do serviço de água e esgotamento sanitário da RMS, César Requião diz que o crime prejudica o abastecimento do consumidor que paga por sua conta. “Isso acontece porque o volume de água projetado pela Embasa para abastecimento destina-se aos imóveis com ligações devidamente cadastradas na empresa e cujo consumo pode ser medido”, diz.