Salvador

Empregada doméstica grávida é morta a facadas no bairro do Canela

De acordo com testemunhas, o principal suspeito é neto da patroa da vítima que, além de matar, tentou estuprá-la

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma mulher grávida de 29 anos foi morta a facadas no bairro do Canela na madrugada deste domingo (19). De acordo com a polícia civil, um dos suspeitos do crime foi preso ao tentar fugir do local. Testemunhas relataram que ele é neto da patroa da empregada doméstica e que, além de matá-la, ele também tentou estuprá-la. As informações são do G1 Bahia.

Foto: Reprodução
Em nota enviada ao G1, a polícia informou que o homem confessou o crime, mas ainda não revelou a motivação do homicídio. No comunicado consta ainda que a vítima, Jessi Santiago dos Santos, era considerada membro da família e que morava há muito anos com a avó do suspeito.

De acordo com a apuração do G1, no boletim de ocorrência consta que o homicídio ocorreu por volta das 4h, na Avenida Reitor Miguel Calmon, em frente a um campo de futebol.

Ainda segundo a polícia, os policiais foram acionados para atender um ocorrência de homicídio durante uma tentativa de estupro. Um dos homem foi localizado pela polícia com uma lesão na cabeça e foi levado para Hospital Geral do Estado (HGE) e depois encaminhado para o Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP). O outro suspeito conseguiu fugir.