Salvador

'Estamos fazendo história', celebra ACM Neto sobre Centro de Convenções

Inauguração para convidados aconteceu nesta quinta-feira (23)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O prefeito de Salvador, ACM Neto, celebrou a inauguração do novo Centro de Convenções, realizada para convidados na noite desta quinta-feira (23). O prefeito lembrou da importância da estrutura em reaquecer o turismo da cidade e da quantidade de eventos que o local irá receber.

"Estamos fazendo história com a inauguração do novo Centro de Convenções, que foi construído 100% com recursos municipais. Isso só foi possível porque a gente arrumou a casa, organizou as nossas finanças e soubemos caminhar com as próprias pernas. O Centro de Convenções coroa todos os investimentos que temos feito na cidade desde 2013 para aquecer o turismo, a exemplo da requalificação da orla, do Centro Histórico, dos incentivos aos diversos setores da economia, incluindo a rede hoteleira, da implantação de novos equipamentos culturais e criação do calendário de eventos”, comentou ACM Neto.

Foto: Valter Pontes/Secom

Secretário de Cultura e Turismo da capital baiana, Cláudio Tinoco se mostrou confiante na aceleração da economia de Salvador com a inauguração do novo Centro. "Não temos dúvidas de que os resultados na economia da cidade serão os melhores possíveis. Todos estão otimistas, desde os donos de hotéis, bares e restaurantes até o taxista, o comerciante informal. A instalação do Centro de Convenções na cidade traz toda uma atenção ao setor de negócios e movimenta muito além do próprio entorno", disse. Segundo estimativa do trade turístico, os setores ligados ao turismo na cidade perderam R$ 2 bi desde o fechamento do antigo centro.

“O Centro de Convenções é de extrema importância para o desenvolvimento do turismo de negócios e eventos na Bahia e no Nordeste como um todo. Além das várias belezas naturais que o estado possui, ter um local como esse é bastante animador, já que este tipo de turismo reduz a sazonalidade do setor e atrai turistas especializados que podem gastar acima do esperado, resultando em emprego e renda para a população”, destacou Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo.