Salvador

Evento da ONU discute estratégias de resiliência em Salvador na próxima terça (26)

As transmissões acontecerão através do canal do Circuito Urbano no YouTube

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Estão abertas as inscrições para o Painel "Estratégias da Resiliência para a Atuação Municipal: o Case de Salvador", um evento dentro da 4ª edição do Circuito Urbano - programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) que será realizado no próximo dia (26), das 10h às 12h.

Na atividade, vai ser debatido o papel da resiliência no desenvolvimento sustentável das cidades. As atividades serão virtuais e terão a condução da vice-prefeita e secretária de Governo de Salvador (Segov), Ana Paula Matos.

As transmissões acontecerão através do canal do Circuito Urbano no YouTube e terão tradução em Libras. Para efetivar a inscrição no evento, o interessado deve fazer acessar este link, preencher os dados e em seguida, receberá por e-mail o link da transmissão.



O ONU-Habitat realiza, todos os anos, o Outubro Urbano, trazendo sempre dois temas selecionados para estimular o debate entre diversos atores sobre como tornar a vida nas cidades melhor para todos. Em 2021, o foco é o papel das cidades na luta contra a emergência climática, em preparação para a COP-26, que acontecerá entre 1º e 12 de novembro deste ano em Glasgow, no Reino Unido.

Programação
Cada painelista terá entre 10 e 15 minutos de fala, com oportunidades de debates e perguntas após as intervenções. A abertura será sobre o case de Salvador e a atuação resiliente nos últimos oito anos, a ser apresentado pela vice-prefeita Ana Paula Matos. Em seguida, a assessora estratégica da AVSI, Joanna Orrico, falará sobre assistência social e a criação da resiliência municipal.

Logo depois, o secretário executivo para a América do Sul, Rodrigo Perpétuo, vai palestrar sobre o compromisso global para a corrida pela resiliência. O diretor da Defesa Civil de Salvador, Sosthenes Macedo, falará sobre "A construção da resiliência climática municipal - a atuação da Codesal na redução da desigualdade social".

O encerramento ficará a cargo da gerente de Programas para América Latina e Caribe, Luciana Cardoso, que tratará do papel da resiliência diante dos desafios globais. Antes do encerramento, haverá espaço para perguntas e debates entre os palestrantes.