Salvador

Ex-dançarino da New Hit pode ser preso a qualquer momento

Alan Aragão Trigueiros é acusado de estuprar duas adolescentes em 2012

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O dançarino da extinta banda New Hit Alan Aragão Trigueiros pode ter sua prisão decretada a qualquer instante. Ele é acusado de estuprar duas adolescentes de 16 anos em 2012.

Além de Alan, outros sete ex-integrantes da banda foram condenados em segunda instância a dez anos e oito meses de prisão em regime fechado, em decisão publicada em agosto de 2017 pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA). Os oito condenados cumpriram cinco meses da sentença após julgamento, mas após um habeas corpus coletivo, conseguiram a liberdade no mês de março de 2018, segundo informações do CORREIO*.

O advogado das vítimas, Maurício Freire, contou ao CORREIO* que os sete integrantes da banda, com exceção de Alan, apresentaram recurso extraordinário junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) dentro do prazo previsto em lei, de 15 dias após a publicação da sentença pelo TJ-BA. Isso pode ter influenciado no pedido de prisão do dançarino, feito em junho do ano passado.

Alan poderia estar preso, desde o ano passado, mas o processo está parado. Caso aconteça uma apreciação do pedido de prisão, por parte do TJ-BA, a prisão do dançarino é certa pela defesa das vítimas. A defesa inclusive já solicitou o pedido.