Salvador

Fechado desde 2011, Forte de São Marcelo vai ser reaberto no Verão

O projeto prevê ainda que o espaço esteja integrado ao Porto de Salvador, que está em reforma

Jornal Correio
- Atualizada em

O Forte de São Marcelo, que estava fechado desde março de 2011, vai ser reaberto no próximo Verão. A decisão foi anunciada depois de uma reunião, realizada sexta-feira (10), entre prefeitura de Salvador, governo do estado e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Em junho, está previsto ainda o lançamento do edital para que empresas interessadas em administrar o espaço apresentem propostas.




De acordo com o secretário de Desenvolvimento, Cultura e Turismo de Salvador, Guilherme Bellintani, o próximo gestor deve ser responsável pela preservação do patrimônio e criação de ações que estimulem a visitação. O projeto prevê

ainda que o espaço esteja integrado ao Porto de Salvador, que está em reforma. “Será um projeto de pouca interferência física, porém muito mais conceitual. Temos que devolver para a população esse local que é um grande símbolo da cidade”, explicou.


O Iphan já havia feito um edital semelhante para convocar empresas, mas não houve interessados. “Mudamos um pouco a ideia do projeto anterior para atrair empresas. Se não houver interessados novamente, o poder público vai

assumir”, explicou Bellintani. A proposta também é que seja criado no forte um bar-restaurante e um museu sobre Salvador.


Na época do fechamento, o Iphan alegou que o objetivo era proteger o patrimônio que, segundo o órgão, apresentava “sinais de depredação e deterioração”. O forte era administrado desde 2006 pela Associação Brasileira dos Amigos das Fortificações Militares e Sítios Históricos (Abraf).