Salvador

Fechado desde ano passado para obras, Centro de Convenções reabriria em outubro

Parte do local desabou na noite desta sexta-feira (23)

Redação do Correio 24h e iBahia
- Atualizada em

O Centro de Convenções da Bahia (CCB), que está fechado desde meados do ano passado para obras de restauração, seria reaberto até o dia 15 de outubro. A informação foi dada pelo secretário do Turismo da Bahia, José Alves, na última semana. Nesta sexta-feira (23), no entanto, parte da estrutura do local desabou e deixou duas pessoas feridas. 


Segundo ele, o prazo seria suficiente para garantir a realização do Congresso Internacional de Odontologia – que reunirá cerca de 10 mil participantes em Salvador, a partir de 2 de novembro. Com o acidente e riscos de novos desabamentos, porém, não há confirmação se o CCB vai ser mesmo reaberto na data pré-estabelecida pelo secretário.


Turismo

A reabertura do principal espaço para a realização de grandes eventos no estado é uma exigência dos empresários do setor do turismo há alguns meses. “A minha ideia é que esteja reaberto até 15 de outubro para que haja tempo hábil para a realização do evento, que acontece no dia 2 de novembro.


O pessoal precisa entrar com 15 dias de antecedência para organizar tudo, arrumar estandes etc”, explica José Alves. Segundo ele, entre licitações e pequenas obras feitas pelo próprio governo, foram investidos aproximadamente R$ 15 milhões para a reabertura do CCB. Neste primeiro momento, apenas parte da estrutura voltará a funcionar.


O prédio do lado direito, onde funciona o pavilhão de feiras, ainda vai precisar de uma série de obras estruturais e só voltará a funcionar em um segundo momento, explica. “O que iremos entregar já nos permite realizar grandes eventos como este que está previsto para o mês de novembro. A prioridade da gente neste momento é a reabertura”, diz.


Correio24horas