Salvador

Ferry Boat opera com restrição e passageiros causam tumulto em Bom Despacho

Por conta de problemas na rampa de acesso e o mau tempo, embarcações não saíram de Itaparica na noite da sexta-feira (08)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
A noite da sexta-feira (08) foi de transtorno para alguns passageiros que pretendiam atravessar de ferry boat da Ilha de Itaparica para Salvador. De acordo com uma denúncia registrada pelo iBahia, depois das 19h de ontem, nenhuma embarcação deixou o terminal de Bom Despacho.

"Foi uma confusão, muita gente querendo voltar para casa sem conseguir. Teve gente que dormiu por lá, com criança e tudo. Eu cheguei no ferry por volta das 19h e me informaram que estava atrasado. Não saiu a embarcação das 19h, nem das 20, nem das 21h. As 21h30 avisaram que por conta da chuva não ia mais rodar ferry nenhum. Só hoje [09/5] pela manhã que consegui embarcar. Ninguém explicou nada por lá", relatou um internauta ao site. Ainda segundo ele, houve ameaça de quebra quebra, mas a polícia chegou para conter os ânimos dos mais exaltados.

Procurada pelo iBahia, a Internacional Travessia Salvador - concessionária que administra o sistema de ferry boat-, informou que houve um problema com a rampa onde a embarcação tradicional atraca, desde o início da manhã de ontem. A tarde foi feita uma adaptação para receber os ferries e apenas três embarcações conseguiram operar. Por volta das 20h, as condições da maré não eram favoráveis para a navegação e, por uma questão de segurança, foi suspensa a saída do terminal marítimo em Bom Despacho.

A empresa informou também que ainda nesta manhã os ferries operam com restrição, sem previsão saída. Das oito embarcações, apenas três estão realizando a travessia, que são as embarcações Zumbi, Dorival Caymmi e Ivete Sangalo.