Salvador

Festa de Reis: serviços terão esquema especial para evento na Lapinha

Celebrada nos dias 5 e 6 da janeiro, comemoração está no calendário oficial de eventos de Salvador

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A Festa dos Santos Reis, celebrada nos dias 5 e 6 da janeiro, no bairro da Lapinha, em Salvador, irá ocasionar alterações em serviços da cidade. Para atender as comemorações, a Prefeitura de Salvador vai promover modificações no trânsito, itinerário dos ônibus e oferecer serviço extra de limpeza. Confira todos os detalhes: 

Programação completa

A programação deste domingo (5) inclui a celebração de uma missa marcada para as 7h30, almoço às 11h30 e uma missa solene às 18h, seguida pela bênção das barras e queima das palhas do presépio, que serão às 19h. É nessa noite que também acontecerá o tradicional desfile do Terno de Reis pelas ruas da Lapinha.

Na segunda-feira (6), a comemoração inicia com uma alvorada de fogos às 6h. Depois, às 7h30, acontece uma missa com batizados, na Igreja da Lapinha. Já às 19h, haverá uma missa presidida no local pelo capelão da Marinha, padre Érico Pitágoras. Os fiéis farão doação de copos descartáveis, produtos de higiene pessoal, alimentos não perecíveis e cobertores para pessoas carentes nesta noite. 

Alterações no trânsito

Um esquema especial de trânsito foi montado para garantir o funcionamento da festa. As alterações começam no domingo (5), a partir das 17h, quando ficam proibidos a circulação e o estacionamento de veículos nas vias laterais da Praça da Lapinha. Essa proibição segue até às 3h da segunda-feira (6).

A partir das 17h do domingo (5) e da segunda (6), o tráfego de veículos será interditado nas seguintes vias: Estrada da Liberdade (trecho compreendido entre a Rua Pero Vaz e o Largo da Lapinha), Corredor da Lapinha, Largo da Soledade, Ladeira da Soledade, Rua São José de Cima, Rua Emídio dos Santos (trecho compreendido entre a Rua São José de Cima e o Ifba).

Os motoristas que iriam circular pelo trecho interditado terão como opção de tráfego no sentido Centro as ruas Pero Vaz, Doutor Eduardo Santos e Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro e Rua Rodrigo de Menezes para chegar à Baixa de Quintas (Rua General Argolo / Estrada da Rainha). Já no sentido contrário, a opção é seguir pelas ruas Emídio dos Santos, dos Perdões e Vital Rêgo (acesso à direita Ladeira da Água Brusca ou acesso à esquerda Barbalho / Nazaré / Baixa de Quintas).

Ônibus

Por causa das interdição das ruas próximas ao evento, algumas linhas de ônibus terão o roteiro modificado. As linhas que circulam sentido Nazaré/Joana Angélica vão seguir pela Rua Lima e Silva, Rua Pero Vaz, Rua Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro, Rua Saldanha Marinho, Via Portuária, Estrada da Rainha, Rua General Argolo, Dois Leões, Rua Cônego Pereira, Aquidabã, Vale de Nazaré e Joana Angélica, seguindo a partir daí o itinerário normal.

Os coletivos com destino à Baixa dos Sapateiros/Barroquinha e Lapa deverão seguir pela Rua Lima e Silva, Rua Pero Vaz, Rua Conde de Porto Alegre, Largo do Tamarineiro, Rua Saldanha Marinho, Via Portuária, Estrada da Rainha, Rua General Argolo, Dois Leões, Rua Cônego Pereira e Aquidabã, seguindo o itinerário normal.

Já as linhas que partem do Centro em direção a outros bairros, circularão pelas avenidas Joana Angélica e Vale de Nazaré, Aquidabã, Sete Portas, Rua Cônego Pereira, Avenida Glauber Rocha, Estrada da Rainha, Via Portuária, Rua Saldanha Marinho, Largo do Tamarineiro, Rua Conde de Porto Alegre, Rua Pero Vaz e Rua Lima e Silva para seguir o itinerário normal.

Banheiros e limpeza

Serão disponibilizados pela Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) 15 banheiros químicos para o Largo da Lapinha e outros 15 para o Largo da Soledade. No total, 60 profissionais irão atuar na limpeza da região com o auxílio de dois compactadores, um caminhão e dois caminhões-pipas, com início da operação às 5h.

Contextualização do evento

A festa, que está no Calendário Oficial de Eventos de Salvador, relembra e comemora a visita dos três reis magos ao menino Jesus após o seu nascimento e foi foi trazida ao Brasil pelos colonizadores portugueses. Ao longo do tempo, a festa tem preservado as características iniciais, como o desfile de grupos fantasiados, danças e músicas típicas.