Salvador

Grávida e irmã morrem envenenadas e suspeito é linchado pela população

Homem e criança também foram envenenados na mesma situação

Redação do Correio 24 Horas

Duas irmãs morreram envenenadas nesta sexta-feira (4) no Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. Regina dos Santos Paes, 26 anos, e Gleide dos Santos Paes, 30, chegaram a ser socorridas para o hospital depois de, segundo suspeitas da polícia, serem envenenadas com chumbinho em casa por volta das 6h30, no condomínio Bosque das Bromélias, em São Cristóvão, onde moravam.  

O suspeito do crime, um homem de cerca de 50 anos identificado pelo apelido de Bigode, foi espancado e atingido por golpes de arma branca, sendo morto por linchamento - ele foi levado ao Hospital do Subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos.  A polícia ainda investiga as causas do crime. 

De acordo com a Central de Polícia, além de Regina, que estava grávida de dois meses, e de Gleide, outras duas pessoas também foram vítimas do envenenamento, mas sobreviveram. Isac Henrique dos Santos, 49 anos, e uma criança de 2 anos seguem internadas no Hospital Menandro de Farias. Não há detalhes sobre o estado de saúde dos dois. O caso foi registrado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Correio24horas