Salvador

Grupo Pestana encerra operações do Convento do Carmo

De acordo com o grupo, a decisão aconteceu devido a crise do coronavírus

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O Pestana Hotel Group anunciou que encerrou as operações do Pestana Convento do Carmo em  Salvador nesta quarta-feira (15). De acordo com o grupo, a decisão aconteceu devido a crise do coronavírus. 

Recentemente, o Pestana Hotel Group deixou de operar também o Bahia Lodge após 10 anos de contrato.

"Desembarcamos em Salvador há mais de 15 anos, com a missão de contribuir para o crescimento, desenvolvimento e promoção da Bahia, tanto no mercado nacional como no internacional. Sempre nos consideramos parte desse Brasil, tendo tido sempre  o apoio, compreensão por parte do povo soteropolitano que nos abraçou desde o primeiro dia e que com certeza manterá laços de afinidade, empatia e união conosco", diz um trecho da nota.

Confira a nota na íntegra:

"Perante a crise mundial desencadeada pelo novo Coronavirus, é com tristeza  que tomamos a difícil decisão de encerrar as operações do Pestana Convento do Carmo – Salvador  no dia de ontem, 15 de Abril de 2020, num destino tão querido, amável e caloroso como é a cidade de Salvador.

Desembarcamos em Salvador há mais de 15 anos, com a missão de contribuir para o crescimento, desenvolvimento e promoção da Bahia, tanto no mercado nacional como no internacional. Sempre nos consideramos parte desse Brasil, tendo tido sempre  o apoio, compreensão por parte do povo soteropolitano que nos abraçou desde o primeiro dia e que com certeza manterá laços de afinidade, empatia e união conosco.

O nosso especial agradecimento a todos os colaboradores que foram a alma e o coração desta unidade, que contribuindo com seu trabalho diário, fizeram com que conseguíssemos oferecer a quem nos visitava uma experiência diferenciada e enriquecedora.

Este trajeto nunca teria sido possível sem a forte parceria com a Ordem dos Carmelitas que ao longo de todos os anos contribuíram de forma enriquecedora, pujante e saudável para que construíssemos juntos um produto altamente diferenciado, classificado como o primeiro hotel histórico do Brasil e que tanto foi elogiado pelos meios artísticos, empresariais, governamentais e turísticos.

Por fim e tão importante quanto, um grande obrigado a todo o povo da Bahia, incluindo todas as entidades oficiais e não oficiais, como o Ministério do Turismo, Governo do Estado, a Prefeitura de Salvador, ABIH-BA, a Salvador Destination, Agências e Operadores de Turismo, entre outras, por toda a alegria, afeto, amizade e parceria que construímos durante todo este tempo e que tanto nos deixará saudades.

Agradecemos a parceria e todos os momentos memoráveis, que ficarão para sempre!

A Diretoria,

Gustavo Jarussi, José Macedo e Pedro Pires"