Salvador

Habeas corpus de Marco Prisco será julgado nesta terça-feira

No mês passado, o ministro Ricardo Lewandowski negou um pedido liminar de liberdade

Redação Correio 24h
- Atualizada em
O habeas corpus do vereador Marco Prisco será julgado nesta terça-feira (20) no plenário do Superior Tribunal Federal (STF). Segundo o advogado do principal líder da greve da Polícia Militar na Bahia, Vivaldo Amaral, o julgamento acontece às 14h.

O próprio Vivaldo vai fazer a defesa de Prisco no STF, no Distrito Federal. Durante 15 minutos ele deve falar aos ministros em favor da soltura do vereador. No mês passado, o ministro Ricardo Lewandowski negou um pedido liminar de liberdade.

(Foto: Betto Jr)


Na noite da última quarta-feira, Prisco foi transferido do Hospital de Base, em Brasília, para o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), na mesma cidade. Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do DF, ele aguardava realização de exame de endoscopia.

Prisco é presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra) e vereador pelo PSDB em Salvador. Ele liderou um movimento grevista dos policiais militares da Bahia, que foi encerrado no dia 17 de abril.

A prisão do vereador aconteceu no último dia 18 de abril. No entanto, ela foi motivada por outra greve, também encabeçada por ele, em 2012. No ano passado, o Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) denunciou Prisco e mais seis pessoas por crimes praticados contra a segurança nacional durante essa paralisação.

Matéria original: Correio 24h
Habeas corpus de Marco Prisco será julgado nesta terça-feira